Esportes

CURITIBA

  • Publicado em: 20/02/2014 02:00
  • |
  • Atualizado em: 20/02/2014 02:00
  • Ministro cobra obras na Arena

  • O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, não escondeu nesta quarta-feira a sua satisfação com o fato de que a Fifa confirmou no dia anterior a manutenção de Curitiba como uma das sedes da Copa do Mundo. Apesar do atraso nas obras da Arena da Baixada, a entidade assegurou a presença da capital paranaense na competição, marcando a entrega do estádio para o dia 15 de maio.

    Durante participação no Congresso Técnico da Fifa, nesta quarta-feira, em Florianópolis, Aldo comentou sobre a situação de Curitiba, alertando, porém, que as obras do estádio precisam continuar aceleradas.

    “Tivemos uma boa notícia sobre Curitiba. Precisamos, naturalmente, manter o ritmo que foi retomado com mais vigor. Estive em Curitiba na semana passada. Já era possível notar, entre 25 de janeiro e a data da minha visita, uma evolução visível a olho nu nas obras. Mesmo que o estádio de Curitiba seja o mais atrasado, as providências adotadas pelo construtor, pelo governador, pelo prefeito e pelo governo federal ajudaram a definir o prazo que viabiliza a Copa do Mundo em Curitiba”, ressaltou o ministro.

    Aldo Rebelo também aproveitou sua presença em Florianópolis para destacar que está acompanhando de perto “cada detalhe”, como ele próprio definiu, das obras não só dos estádios, mas dos aeroportos e de mobilidade urbana das cidades-sede do Mundial.

    “As obras estão evoluindo, estamos com algum atraso em alguns estádios, mas na expectativa de realizar os eventos-teste que são importantes e fazer bem a Copa. Estou acompanhando tudo no detalhe. Os aeroportos estão com obras em grande intensidade. O aeroporto de Cuiabá, por exemplo, está com 85% das obras prontas, Brasília está evoluindo bastante. Até maio evoluiremos muito nas obras de mobilidade urbana”, afirmou o ministro.